Políticas

 

Foco e Âmbito

Cinema: Revista de Filosofia e da Imagem em Movimento é uma publicação internacional com arbitragem científica publicada on-line pelo Instituto de Filosofia da Nova (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa) e emergiu em articulação com o projecto de investigação “Cinema e Filosofia: Mapa de um Encontro” (PTDC/FIL-FIL/098143/2008). A revista publica ensaios e artigos críticos inéditos, recensões, relatórios de conferências e entrevistas, e torna disponível trabalho artístico no campo da investigação filosófica sobre cinema. O termo “cinema” é aqui tomado no seu sentido mais alargado como imagem em movimento (e imagem que move). Historicamente, os estudos de cinema têm-se centrado no filme, mas com a digitalização e proliferação de novos meios de produção e distribuição têm estudado também o vídeo, a televisão, e os novos media. Este envolvimento profundo com a cultura cinemática, assim entendida, pode fornecer ferramentas para uma melhor compreensão da cultura visual contemporânea. A Cinema está particularmente interessada nas abordagens filosóficas à estética da imagem em movimento assim como em investigações filosóficas sobre obras particulares e sobre os contextos nos quais essas obras são vistas e produzidas. Aceita submissões em português, inglês, castelhano e oferece acesso livre ao seu conteúdo .

A Cinema tem por finalidade :

• divulgar investigação filosófica do cinema e de outras formas como o vídeo, a televisão, e os novos média;

• promover a ligação entre as comunidades académicas internacionais e a portuguesa que desenvolvem trabalho de investigação simultaneamente nos domínios de estudos de cinema e da filosofia;

• fornecer uma plataforma para um diálogo produtivo entre várias abordagens, metodologias particulares, temas e contribuições interdisciplinares, dentro do âmbito da revista.

 

Políticas de Secção

Artigos estão sujeitos a dupla arbitragem científica cega.

Entrevistas usualmente não são arbitradas cientificamente. No entanto, são analisadas pelo conselho editorial e pela editora da secção, Susana Nascimento Duarte.

Recensões de livros geralmente não são arbitradas cientificamente. Seja como for, são analisadas pelo conselho editorial e pela editora da secção, Maria Irene Aparício.

Relatórios de conferências normalmente não são arbitrados cientificamente. De qualquer modo, são analisados pelo conselho editorial e pela editora da secção, William Brown.

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo com base no princípio de que disponibilizar gratuitamente ao público promove um maior intercâmbio global de conhecimento.

span style=